Câmara de Búzios Promove Café Cultural

por Alessandra Amantea publicado 04/07/2019 14h35, última modificação 04/07/2019 16h52
Encontro com segmentos culturais deve acontecer no plenário mensalmente
Câmara de Búzios Promove Café Cultural

Participantes do Café com Cultura, realizado pela Câmara de Búzios.

A Câmara Municipal de Búzios irá realizar cafés culturais toda primeira quarta-feira do mês no plenário da casa legislativa. O primeiro encontro aconteceu na tarde de ontem(03) e contou com a participação de representantes dos segmentos culturais e colaboradores da Câmara. A presidente Joice Costa e o vereador, membro da Comissão de Cultura, Niltinho de Beloca estiverem presentes.

O evento iniciou com a apresentação do curta documental “Filhos da Terra, Sem Terra”, que relata a história do povo do Quilombo da Baía Formosa, produzido pelo Observatório com o Quilombo, em parceria com a própria comunidade quilombola. Em seguida, houve uma roda de conversa relacionada à cultura no município.

“Foi um encontro muito bom, onde foram tratados vários assuntos da cultura. A finalidade é trazer essas discussões pra Câmara, combinadas com exposições, saraus e apresentações artísticas. Cada mês será uma programação diferente.”, explicou Joice.

A presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais Yanieska Genaro falou sobre o plano municipal de políticas culturais. A minuta do plano foi elaborada pelo Conselho e entregue ao Pode Executivo. “Aguardamos que esse projeto seja encaminhado pelo Poder Executivo para votação plenária na Câmara”. Em seguida, informou que o conselho criou recentemente uma página no Facebook para divulgar suas reuniões e trabalhos.“É o primeiro conselho de cultura que temos no município. Então temos que nos juntar para fazê-lo funcionar.”

Elena Oliveres, do Fórum Aberto de Cultura, falou sobre a Conferência Regional, promovida pela Secretaria Estadual de Cultura, que será realizada na próxima terça-feira(09), das 9 às 17h na Câmara de Búzios. No evento acontecerá a eleição do representante regional da Sociedade Civil (Região das Baixadas Litorâneas) para integrar o Conselho Estadual de Política Cultural. Qualquer pessoa relacionada à área cultural pode votar; as inscrições serão feitas no início do evento.

Outros temas abordados na roda de conversa foram o projeto do Circo na cidade e a necessidade do resgate da história local. Elizabeth Fernandes, do Quilombo da Baía Formosa, falou do turismo étnico e da necessidade de integração da Secretaria de Educação, promovendo a visita de alunos ao quilombo. “É importante estruturar os quilombos para essas visitações.”, acrescentou.

Já no espaço destinado à Exposição Permanente de Arte e Fotografia no plenário, acontece a exposição fotográfica, com temática quilombola. Os cafés culturais são abertos ao público geral.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.