Comissão de Defesa do Direito do Consumidor Discute Demandas do Transporte Público em Búzios

por Alessandra Amantea publicado 27/05/2021 09h30, última modificação 27/05/2021 10h29
 Comissão de Defesa do Direito do Consumidor Discute Demandas do Transporte Público em Búzios

Reunião dia 20 de maio de 2021 no plenário

A Comissão de Defesa do Direito do Consumidor da Câmara Municipal de Búzios se reuniu com representantes das Cooperativas de Vans na quinta-feira passada(20) no plenário da casa legislativa. O objetivo da reunião era tratar dos problemas do transporte público e demandas da população, referente ao assunto.

Os assuntos abordados foram a parada fora dos pontos; itinerário; acessibilidade nos pontos e no transporte; sugestão de rota noturna dentro de Geribá; rota dentro da Baía Formosa; questionamento sobre a velocidade das vans abaixo do permitido, atrapalhando o trânsito; fim da linha Rasa da Salineira; vans clandestinas; possibilidade de implantação de aplicativo para localização das vans e a capacidade máxima permitida, por causa da COVID-19.

Essas reuniões da comissão são necessárias, principalmente pela participação do PROCON e OAB, pois têm como objetivo aproximar a população e tentarmos buscar soluções para problemas ou dar sugestões de melhorias de acordo com as demandas da sociedade.”, disse o presidente da comissão Gugu de Nair.

Além dos integrantes da comissão - Gugu de Nair e Victor Santos - participaram da reunião a presidente da Comissão dos Direitos Humanos e do Consumidor da OAB-Búzios Juliana Mendonça, Joel Alves da Silva da Coordenação de Trânsito e Transporte, os representantes do PROCON-Búzios Paulo Eduardo Bezerra e Pedro Siqueira; Samariene Brandão e Celso de Oliveira da Cooperbuzios; Luis Carlos Cardoso e Carlos Augusto Martins da Coopergeribá, o presidente da Casa Legislativa Rafael Aguiar e os vereadores Aurélio Barros, Niltinho de Beloca e Raphael Braga.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.