Projeto Visa Estabelecer Obrigatoriedade da Atualização do Inventário e do Calendário Turístico

por Alessandra Amantea publicado 09/06/2021 13h10, última modificação 10/06/2021 09h32
Projeto Visa Estabelecer Obrigatoriedade da Atualização do Inventário e do Calendário Turístico

Vereador Raphael Braga, 8jun21

Dois projetos de lei - que visam contribuir com o Turismo em Búzios - foram encaminhados na Câmara Municipal na terça-feira(08). Eles tratam da obrigatoriedade da atualização anual do Inventário da Oferta Turística e do Calendário de Eventos do Município, estabelecendo prazo para sua atualização.

Ambas propostas são de autoria do vereador Raphael Braga e serão analisadas na Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Projeto de Lei 48/2021  estabelece que Poder Executivo deve atualizar o Inventário da Oferta Turística anualmente até o mês de agosto. O Inventário Turístico é o registro dos atrativos, dos serviços e dos equipamentos turísticos e da infraestrutura de apoio ao turismo para fins de planejamento. 

Conforme a justificativa, a elaboração e atualização periódica do Inventário é uma ferramenta para fomentar o turismo e permitir que o poder público se organize para oferecer as atrações disponíveis na cidade.

Já o Projeto de Lei 49/2021  estabelece que o Poder Executivo deve elaborar anualmente o Calendário Turístico, com programação de eventos e atividades a serem promovidas no município durante o ano, contendo todas as atrações de interesse para o turismo. O Calendário Turístico deverá ser elaborado, discutido e aprovado pelo Conselho Municipal de Turismo e ser publicado até o mês de agosto de cada ano, podendo ser acrescido caso haja necessidade.

 "A gente consegue trazer o turista de qualidade através do calendário rico em eventos. O calendário é uma ferramenta importante para nosso turismo.", defendeu Raphael Braga

Por fim, os projetos estabelecem que tanto o Inventário quanto o Calendário Turístico deverão ficar disponíveis para consulta no site da prefeitura. Se os projetos forem aprovados, as respectivas leis entram em vigor em 1º de janeiro de 2022.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.